top of page

O papel do brechó seria só vender roupa barata?

Um dos motivos dos consumidores buscarem por brechós é porque eles são considerados baratos, mas será que devemos nos apegar somente ao preço?

Foto evento Wabi com elas

No Brasil, a primeira loja de venda de roupas e objetos de segunda mão surgiu no Rio de Janeiro no Século XIX, fundada por um comerciante português chamado Belchior. Desde então conhecemos os brechós como aquelas lojinhas pequenas, bagunçadas, empoeiradas e cheias de achados vintages e baratos.

Mas como sabemos esse conceito mudou e hoje o brechó não é só mais uma oportunidade de adquirir roupas e objetos mais baratos, como também um estilo de vida consciente diante de tantos impactos ambientais gerados pela indústria da moda.

Claro que o maior movimento se iniciou com a demanda de adquirir roupas vintage por um preço bem abaixo do mercado, e por muitos anos esse foi o grande lance dos brechós. Nos dias atuais muitos se questionam onde estão as roupas baratas dentro dos brechós, mas seria só esse seu papel dele quanto marca consciente?

O resale hoje é considerado um dos principais pontos de partida da economia circular dentro da moda e a partir dele aprendemos muito sobre o valor da matéria prima e mão de obra, a roupa que você paga barato muitas vezes custa caro. Hoje devemos buscar não só preço mas qualidade e história e nos perguntar, como aquela peça foi produzida?, em quais circunstâncias?, quem a vestiu? ela traz consigo uma história?

Preço e valor tem papéis totalmente diferentes e devemos saber diferenciá-los na hora de realizar ou optar por determinado item.

Preço é a quantidade de dinheiro que uma pessoa precisa pagar por determinado produto ou serviço.

Valor é sobre o atendimento, conhecimento, qualidade, profissionalismo, horas de trabalho, comprometimento e respeito.

O Warren Buffett, filantropo americano e um dos melhores investidores do mundo, define a diferença como: "preço é o que você paga, valor é o que você leva".

Valores e crenças motivam pessoas e propósitos motivam marcas, aqui na Wabi falamos muito mais sobre valores do que preços, buscamos alinhar nossas crenças com nossos propósitos e valores. Então, sempre quando for adquirir algo lembre-se que o que realmente importa é o valor que aquilo leva.

Gostou? compartilhe com os amigos.

Beijos e até a próxima :)

Por Amanda Souza


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page